bruxismoO bruxismo é uma desordem funcional que se caracteriza pelo ranger ou apertar dos dentes durante o sono, mas também, menos prejudicialmente, durante o dia. É observada em pacientes de todas as idades e geralmente está relacionada ao alto nível de estresse.
Possivelmente, a disfunção está ligada a fatores genéticos, a situações de estresse, tensão, ansiedade, ou a problemas físicos de oclusão ou fechamento inadequado da boca, por exemplo. Esta pressão pode provocar desgaste e amolecimento dos dentes. Nos casos mais graves, podem ocorrer também problemas ósseos, na gengiva e na articulação da mandíbula(ATM).
Não se sabe exatamente porque o bruxismo acomete 15% das crianças e afeta indistintamente homens e mulheres. A incidência tende a diminuir com o passar dos anos.
Quando o problema se manifesta durante o dia, recebe o nome especial de Briquismo.

Sintomas do bruxismo:

bruxismoAlém do desgaste e amolecimento dos dentes, dor de cabeça é o sintoma mais comum do bruxismo. Isso acontece porque a compressão exagerada dos dentes pode levar a isquemia dos vasos que entram no ápice da raiz e depois à necrose dos vasos, dos nervos e da polpa dentária.

Desgastes nos dentes, raiz exposta,restaurações que quebram com frequência, dentes permanentes moles, retrações na gengiva e até dores na cervical podem ser sinais de que você tem bruxismo.

Diagnóstico:

bruxismo

Para muitas pessoas, o bruxismo é um habito inconsciente. Estas pessoas podem nem mesmo perceber que estão fazendo isto, até que alguém comente que elas fazem um horrível som de ranger de dentes enquanto estão dormindo. Para outras pessoas, é quando fazem um exame dental rotineiro e descobrem que seus dentes estão desgastados ou o esmalte do seu dente está rachado.

Um alinhamento incorreto dos dentes e o fechamento inadequado da boca costumam estar presentes em grande parte dos casos.

Além da avaliação clínica, a polissonografia é um exame importante para identificar o grau do distúrbio e orientar o tratamento.

Consequências

bruxismoÉ fundamental ressaltar que a pessoa portadora de qualquer tipo de bruxismo deve visitar constantemente seu dentista para evitar maiores danos, visto que a cura total para esse problema ainda é desconhecido.
O esmalte dentário é o primeiro a receber danos do bruxismo, causando assim desgaste anormal dos dentes, podendo se estender até a gengiva, causando dor. Em dentes mais frágeis, sejam eles cariados ou tratado, a fricção pode provocar quebra e fissura.
As dores de cabeça tensionais são comuns nos portadores de bruxismo. Elas surgem por contração excessiva dos músculos da mastigação, podendo atingir rosto, pescoço, ouvido e até ombros.
Outro problema decorrente do bruxismo é dor na articulação temporomandibular (localizada no osso do crânio e mandíbula), esta também pode sofrer estalos, travamento e restringir a abertura da boca e desviar para o lado ao abrir e fechar.

Tratamento:

bruxismoNão se conhece ainda um tratamento eficaz para curar o bruxismo. Medicamentos ansiolíticos são úteis para o controle dos quadros de estresse e ansiedade que podem estar associados, mas não são a causa do distúrbio que, aliás, não está suficientemente esclarecida.

Os recursos mais indicados para o tratamento, porém, são as placas interoclusais flexíveis de silicone ou as placas rígidas de acrílico, moldadas segundo o formato da arcada dentária do paciente. Elas ajudam a restringir os movimentos dos músculos mastigatórios e a reduzir o atrito que provoca o desgaste e o abalo dos dentes.

Recomendações:

Os dentistas são os profissionais indicados para fazer o diagnóstico e o tratamento do bruxismo. Os fisioterapeutas podem oferecer tratamento de suporte para a dor muscular causada pelo bruxismo e, alem disso, os fonoaudiólogos também podem ajudar a detectá-lo;

Evite apertar os dentes, quando estiver empenhado em uma tarefa ou situação mais complicada;
Procure não mascar chicletes ou mordiscar sistematicamente objetos duros, como pontas de lápis e canetas, Por exemplo;

Faça exercícios, a pratica regular de atividade física ajuda a controlar o estresse e as crises de ansiedade que podem favorecer o apertar dos dentes;

Não se esqueça de colocar a placa interoclusal antes de dormir. Se o problema se manifestar também de dia, use-a sempre que possível.

Clique aqui: Veja dicas para identificar o bruxismo!

Fontes:

https://drauziovarella.com.br/letras/b/bruxismo-2/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Bruxismo