A perda de colágeno, ou seja, o processo de envelhecimento começa na pele a partir dos 25 anos.
O I-PRF ou a Fibrina Rica em Plaquetas é um concentrado de plaquetas e leucócitos do nosso próprio sangue, que tem por objetivo estimular a regeneração tecidual. Ou seja, o I-PRF traz a produção de colágeno para rejuvenescimento de forma natural, a partir de suas próprias células.
Sabemos que tanto as plaquetas como os leucócitos são responsáveis pela formação de colágeno e novos vasos sanguíneos, que por sua vez tem como função regenerar e reparar os tecidos, estimulando a cicatrização da pele. Por isso, quando falamos em Rejuvenescimento, falamos de produção de colágeno.
O I-PRF nada mais é do que a devolução da produção de colágeno que sua pele precisa.
O conceito original destas preparações autógenas foi concentrar plaquetas e seus fatores de crescimento em uma solução de plasma.
Na forma líquida, esta substância é aplicada através de microagulhamento ou de pequenas injeções em toda a face (rosto e pescoço) ou somente em regiões mais necessitadas.

A diferença do I-PRF é que você é tratado e rejuvenesce sem química alguma, ou seja, de forma natural.

São necessárias no mínimo 5 aplicações, em um intervalo mínimo de 28 dias, mas na primeira sessão já é visível a mudança do aspecto da pele que fica mais viçosa e hidratada. Com o decorrer das aplicações, os poros se fecham, as rugas começam a ficar mais amenas em toda a região aplicada e percebe-se uma leveza nos sulcos da face.

No decorrer dos 30 dias essas características se potencializam, pois o processo de produção de colágeno fica ativo e continua sendo produzido até 28 dias. O visual é nítido.
É o que chamamos de Efeito Cinderela! Pele hidratada, bem cuidada e com rugas ficando cada vez mais imperceptíveis com o decorrer do tratamento. O Rejuvenescimento é pleno! É um Boom de Hidratação e produção de colágeno. É tudo que a pele precisa para se manter viçosa e linda!
A fibrina rica em plasma é um modelo de concentrados plaquetários. Assim sendo, apresentamos um processo de preparação a partir de uma amostra de sangue do próprio paciente, que é submetida a um procedimento específico de centrifugação que vai resultar em um soro de fibrina, rica em leucócitos e fatores de crescimento.

Fibrina: O que é, e qual seu uso na odontologia?

A fibrina é uma proteína que atua como uma primeira resposta sempre que seu corpo está ferido, com o fim de desempenhar um papel importante no processo de coagulação do sangue. Quando ocorre qualquer tipo de lesão que gera o extravasamento do sangue se inicia a coagulação, um alerta é então enviado para que o corpo inicie a produção de fibrina.
Assim a Fibrina Rica em Plaquetas é utilizado na odontologia regenerativa como um concentrado de fatores de crescimento autólogo capaz de estimular a regeneração tecidual.

Esses fatores de crescimento são responsáveis ​​pelo aumento da produção de colágeno, mitose celular, crescimento dos vasos sanguíneos, recrutamento de outras células que migram para o local da lesão, com o propósito de auxiliar a produção de um novo tecido para o paciente.
Por ser tratar de uma modalidade autóloga, quando o material é retirado do próprio paciente, diminui-se ou elimina também o risco de rejeição ou infecções.

Na harmonização Facial nos usamos o I-PRF que é a fibrina em fase líquida ou fibrina pré polimerizada, ela é obtida da coleta do seu próprio sangue, que deve ser colhido por um profissional habilitado em venopunção em tubos estéreis, a vácuo e sem aditivos químicos. Após a coleta, é realizada a centrifugação do sangue para se obter a fibrina em fase líquida.
Nessa fase líquida (Pré polimerizada) a substância pode ser usada em microagulhamento ou Derma Roller, ou por meio de pequenas injeções, que são aplicadas pelo rosto, incluindo é claro os lábios. O resultado é uma pele viçosa, mais hidratada.
O Cirurgião dentista é o único profissional de saúde que pode trabalhar de forma legalmente regulamentada para tal. Essa terapia não é considerada transfusional porque apenas são utilizados os agregados sanguíneos que interessa.
A técnica com I-PRF pode ser feita em todo a face, incluindo as maçãs do rosto e o já conhecido“bigode chinês”.
A diferença entre este procedimento e o preenchimento com o ácido hialurônico está no processo de absorção. Pode-se dizer que é uma técnica complementar ao preenchimento com ácido hialurônico

Podemos considerar como o melhor fator de rejuvenescimento que existe para que se dê a formação de colágeno.

FIBRINA RICA EM PLAQUETAS (PRF)

A Fibrina Rica em Plaquetas é um biomaterial derivado do sangue humano e a técnica usada para sua extração é muito simples e fácil:
Uma amostra de sangue é extraída do paciente imediatamente antes do procedimento cirúrgico. O tubo com o sangue não pode conter nenhum tipo de aditivo.
O sangue é então colocado em uma centrífuga para realizar a separação:

VANTAGENS DO USO DO I-PRF

Os benefícios desse tratamento são inúmeros. Ele oferece uma melhor resposta tecidual frente ao estímulo dos fatores de crescimento que ali foram injetados, melhorando a microcirculação sanguínea local e a formação de colágeno

  • Pele viçosa e hidratada;
  • Redução de linhas de expressão e uma melhor sustentação;
  • Sem risco de sofrer uma reação imunológica, uma vez que o sangue é do próprio paciente;
  • Estrutura de fibrina natural com fatores de crescimento que estimulam a regeneração dos tecidos de forma eficaz;
  • Além do rejuvenescimento e porque os leucócitos e plaquetas são responsáveis pela regeneração da pele, o I-PRF também consegue tratar manchas de pele (melasmas) e manchas de sol.
    Pode ser utilizado unicamente ou então em combinação com enxertos ósseos, dependendo da finalidade como por exemplo em Implantes dentários.